Publicado em

SketchUp | Os 10 Erros Mais Comuns – 03 de 10 | Não Personalizar o Tamanho das imagens ao exportar

Parece que quem começa a usar o SketchUp faz sempre igual. E na época que comecei a usar muita gente não sabia exportar no Sketchup e a prática mais comum para ter uma imagem era dar um “print” na tela. Pode ter certeza ainda tem gente fazendo isso.

Podemos pensar que é mais difícil de acontecer, já que temos tantos videos na internet ensinando a usar o programa, sempre com aquele discurso que o SketchUp é fácil. Eu comecei esses videos após uma conversar com o grupo Masterclass, que faço parte, junto com a Diana Magalhães, o Fernando Padão e a Lígia Finotti. E foi ai que pensei em criar videos com estes erros tão comuns que são cometidos principalmente pelos iniciantes.

Na aula de hoje explico como salvar corretamente uma imagem no SketchUp.

Perceba que a ideia aqui não é apenas exportar a imagem mas saber principalmente qual formato devemos escolher para cada tipo de mídia ou uso.

Por exemplo, se você vai salvar uma imagem de preview para ver na tela do computador é interessante ela ter uma qualidade média/ alta, já se vai mandar por e-mail considere reduzir a qualidade da imagem para carregar mais rápido.

Claro que isso depende da etapa do projeto também, para uma imagem final o ideal é ter alta resolução para que possamos imprimir e ver mais detalhes. E não esqueça no SketchUp também renderizamos.

Mas como assim…renderizamos?

O processo de renderização não acontece exclusivamente com o V-Ray.  Segundo o Wikipédia:

“Renderização é o processo pelo qual se obtém o produto final de um processamento digital qualquer. Este processo aplica-se essencialmente em programas de modelagem 2D e 3D (3ds Max, Maya, CINEMA 4D, Blender, Adobe Photoshop, Gimp, Corel PhotoPaint, etc.), bem como áudio (Cubase, Ableton Live, Logic Pro, etc) e vídeo (Adobe Premiere, Sony Vegas, Pinnacle Studio etc).”
Renderização. In: Wikipédia. Disponível em:. https://pt.wikipedia.org/wiki/Renderiza%C3%A7%C3%A3o. Acesso em: 14/11/2017.

Então o que chamamos de renderização é muito mais genérico e devemos compreender a diferença entre fotorealismo e NPR. Mas isso é assunto para uma próxima aula.

Publicado em

SketchUp | Erros Mais Comuns – 02 de 10 | Não usar Câmera Avançadas

camera-tool

As configurações de Câmera Avançadas é uma das técnicas pouco utilizada para quem usa o SketchUp para criar cenas de apresentação em NPR e até mesmo em renderizações fotorealistas.

Quando não configuramos a viewport do SketchUp com o enquadramento correto a imagem no render no V-Ray sairá com um formato diferente do que vemos, esse erro acaba deixando a cena com elementos perdidos ou sem destaque, quando os mesmos poderia até valorizar mais o projeto.

Essa aula foi criada com o V-Ray 2.0 já que a nova versão (3.4) possui um recurso chamado Safe Frame que não deixa mais a gente cometer esse erro e ter a cena com formato diferente.

Percebe que a opção sempre esteve lá no SketchUp, embora tenhamos pouca informações sobre ela, mas caso não consiga usar, pode também baixar o plugin gratuitamente no Extension Warehouse, clique aqui Advanced Camera Tools

Quando habilitamos a ferramenta de câmera avançadas na viewport surgem 4 elementos principais como podemos ver na imagem abaixo:

câmera avançadas

Aspect Ratio Masking BarMascara de Proporção – É a área limitada da cena que não vai aparecer no render. Barras escuras que podem ser verticais ou horizontais dependendo da proporção da tela.

Safe ZonesZonas salvas – Essa é a parte limitada da cena que vai aparecer na VFB do V-Ray ou que será salva quando exportamos a imagem.

Center MarkPonto de foco – Geralmente determina o centro da imagem que estamos limitando.

Camera Stats Heads-Up DisplayParâmetros da câmera selecionada – Exibe os dados relativos a câmera que está selecionada no momento, pode ter seus dados alterados através do botão direito do mouse em editar câmera. Contém informações como altura da câmera, distância focal e proporção.

No nosso curso Mastering V-Ray for SketchUp utilizamos um outro recurso chamado V-Ray tools que tem funções similares para enquadrar corretamente a cena. Você pode optar por usar qualquer um dos recursos, mas nunca deixar de usá-los.

Este video faz parte de uma série com 10 videos e para acompanhar essas aulas eu preparei um e-book exclusivo que você pode baixar clicando neste link: Os Erros Mais comuns que as pessoas cometem no SketchUp e como evitá-los

Publicado em

SketchUp | Erros Mais Comuns – 01 de 10 | Mover sem Referências

Nesta nova série de videos-aulas sobre o SketchUp aprenderemos dicas importantes sobre como melhorar a modelagem de projetos corrigindo erros muitos comuns de iniciantes que também são cometidos por profissionais. Na primeira aula da série vou falar sobre o uso correto da ferramenta mover.

E para compreender melhor uso uma cena muito simples que faz a gente pensar: será que eu posso confiar apenas no meus olhos quando trabalho em 3D?

Acompanhe a aula.

Você verá que algumas vezes o erro na modelagem está ligado ao fato de sermos enganados pelos nossos olhos, já que a ilusão de ótica faz com que na tela (2D) o objeto pareça estar no lugar certo, quando na verdade está flutuando na cena.

Como corrigir e evitar esse erro?

No nosso Curso SketchUp Master temos uma dica fundamental para trabalhar com objetos, a escolha de um ponto base! Você deve estar se perguntando: o que é esse ponto base? Vou explicar…

O ponto base do objeto é aquele local na geometria 3D que vai servir de referência para mover, girar, escalar, qualquer objeto. Com ele torna-se muito mais fácil navegar no ambiente 3D do SketchUp e posicionar melhor tudo que você tem no modelo.

Todo ponto base precisa de um ponto destino, onde você vai colocar o objeto. Isso fará parte do alinhamento e podemos utilizar qualquer ponto: extremidade, na aresta ou ponto médio. A escolha depende de como você quer posicionar o objeto em uma face ou próximo a outros objetos.

E para acompanhar essas aulas eu preparei um e-book exclusivo que você pode baixar clicando neste link: Os Erros Mais comuns que as pessoas cometem no SketchUp e como evitá-los

Espero que este material contribua de alguma forma para o seu aprendizado e continue acompanhado no nosso canal as dicas exclusivas que preparei para você.

Forte abraço.

Publicado em

SketchUp | Como Usar Atalhos Personalizados

O uso de atalhos do teclado e de extrema importância principalmente para quem modela em 3D pois facilita muito o trabalho incluindo o SketchUp.

Os atalhos existem em todos os programas, porém nem todos veem configurados. Uma prática profissional é criar atalhos próprios para agilizar as tarefas mais comuns.

Essa aula é um trecho de um workshop que realizei ano passado e ajuda a configurar rapidamente atalhos personalizados no SketchUp simplesmente importando um arquivo em formato .DAT. Este arquivo foi elaborado a partir de um estudo das principais ferramentas existentes e seguindo a mesma lógica do programa para que os atalhos fiquem mais facies de memorizar.

Para criar os Atalhos de forma manual vá até o Menu Janela>Preferências>Atalhos

preferences_sketchup

Nessa opção você configura seus próprios atalhos clicando em adicionar atalho. Os atalhos podem ser apenas 1 (uma) letra ou simbolo e ainda um conjunto de um a tecla auxiliar (Shift, Ctrl ou Alt) e uma letra.

Dica: Caso os atalhos parem de funcionar, basta clicar em Redifinir tudo para resetar as funções e eles voltarão.

Para ajudar um pouco mais segue o PDF e o arquivo personalizado, use os links abaixo:

➜ Atalhos PDF: http://bit.ly/2ynCUJL

➜ Arquivo DAT: http://bit.ly/2yLkE1g

IMPORTANTE: Antes de importar o arquivo clique em opções para desativar a Localização dos arquivos, assim você importará apenas os atalhos, caso o arquivo esteja com essa opção salva.

options_sketchup

Pronto! Agora sua ferramenta está ainda mais completa com diversos atalhos para facilitar o uso e a modelagem de projetos.

Essa é uma dica para que você comece bem no SketchUp e crie seu próprios atalhos no Programa. Baixe o arquivo PDF para estudar cada um deles, cole no PC, na parede para poder praticar e ganhar velocidade, assim poderá se dedicar mais tempo a desenvolver sua proposta de projeto usando a versatilidade desta ferramenta.

Bons estudos!

Publicado em

Como Aplicar Materiais Pré Configurados em 2 Passos

A configuração de materiais no V-Ray é algo indispensável e é importante termos todos os materiais dos objetos aplicados corretamente.

Embora muito modelos baixados já possuam materiais configurados, nós teremos que criar os nossos também e isso muito vezes leva muito tempo.

A alternativa para agilizar esse processo é utilizar materiais pre configurados, os conhecidos V-Ray Materials ou simplesmente VRMATS.

Estes materiais podem ser encontrados na internet também de forma gratuita, neste link eu separei um Pack com 20 materiais do Shaders design para testarmos as técnicas desta aula:  Free Pack 20 Materials

Usar materiais pré configurados não o deixará preguiçoso ou sem base sobre a criação de materiais, isso é um mito. Essa prática agiliza o trabalho e faz você ganhar tempo para realizar o que realmente é importante: A criação da sua proposta de projeto.

Perceba que em nenhum momento eu falo sobre você não estudar a criação de materiais, essa base é muito importante e no meu Curso Mastering V-Ray for SketchUp os alunos aprendem muitas técnicas para criar materiais extremamente realista e de forma progressiva conhecendo os mapeamentos, critérios de criação e uso de referências e você também encontrará no nosso canal vários videos ensinando a configurar materiais de forma precisa.

Tendo esse conhecimento, fica fácil depois criar sua própria biblioteca ou trabalhar com o Shaders Design, uma vez que se precisar fazer qualquer ajuste, você já sabe onde mexer.

 

Publicado em

[Hangout] Arquitetura e Design – A importância da apresentação em Projetos

masterclass

Aula ao vivo com grandes nomes da arquitetura e design
em uma palestra online sobre os temas mais atuais que envolvem o mercado 3D e a apresentação de projetos.

Conheça os Participantes:

► Diana Magalhães:
Instagram: https://www.instagram.com/dianamagalhaes/?hl=pt-br

► Ligia Finotti:
http://www.lfinotti.com.br

► Fernando Padão:
Blog: http://arqpadao.blogspot.com.br/

► Henrique Barros
Facebook: https://www.facebook.com/MasterTuts/